• Publicidade

Os 5 alimentos mais nocivos ao organismo

Existem diversos cardápios alimentares. Alguns deles contêm muitos dos alimentos nocivos ao organismo, outros são montados de maneira totalmente metódica, como é o caso da dieta vegana, na qual seus adeptos não conseguem nem conceber a ideia de uma alimentação que contenha carne, seja ela vermelha, de peixe, ou de frango. No entanto, a imensa maioria da população não é nem um pouco metódica, simplesmente consome o que vier pela frente. Nesse grupo majoritário, o descontrole do tamanho das porções e o desequilíbrio dos nutrientes (ingestão em excesso de alguns e deficiência de outros) consumidos é o padrão dominante. O problema é que essa vida alimentar irregular acaba proporcionando enormes estragos à saúde do organismo, principalmente se o consumo estiver muito focado sobre determinados tipos de alimentos, tais como a pizza, o sorvete de massa, o sanduíche “gordo”, e o cachorro-quente. Geralmente, essas pessoas também são adeptas do delivery, facilitando o aprofundamento desse tipo de cardápio.

Pensando nos malefícios que esses alimentos podem ocasionar, vale a pena conferir as particularidades desses alimentos.

5 alimentos nocivos ao organismo

A pizza congelada

Encabeçando a lista de alimentos nocivos ao organismo, principalmente quando assada em fornos à lenha, a pizza já passa longe de ser a alimentação ideal. Em sua versão totalmente industrializada e congelada, é se admirar a quantidade de conservantes que são necessários para que ela continue própria para o consumo.

Dentre outros problemas da pizza congelada, vale citar que uma única fatia de, aproximadamente, 80 g contém uma grande porcentagem de sódio, cerca de 16% do que cada ser humano deveria, em tese, consumir diariamente. Pense nesse mesmo pedaço e imagine que ele detém cerca de 14% da concentração de gorduras saturadas, considerando o consumo diário recomendado. Logo, não é difícil deduzir que ao comer muitas pizzas como essa, ao final do dia e do mês o corpo estará, literalmente, saturado.
Por outro lado, é sempre bom frisar que o maior problema é o excesso, ou a falta de parcimônia.

O sorvete de massa

Idolatrado, essencialmente em dias escaldantes, como os últimos que se estabeleceram em grande parte do território nacional, o sorvete de massa é um dos alimentos mais saborosos e refrescantes de que se têm notícia.
O consumo demasiado do sorvete apresenta muitos pontos negativos, mas para se ater a alguns, basta lembrar que ele é altamente concentrado em carboidratos de baixo, ou nenhum, valor nutricional. Quando adentram o organismo, eles são rapidamente absorvidos e convertidos em gorduras.
Por essas e outras razões, o sorvete de massa provoca o aumento de peso em um tempo recorde. Basta considerar que somente uma bola, correspondente a cerca de 60 g, agrega 130 cal. Além disso, essa mesma bola possui quase 19% das gorduras saturadas necessárias ao organismo. Nesse momento, uma rápida soma entre a bola de sorvete e o pedaço de pizza já garante cerca de 33% dessa variante de lipídios.

Os “salgadinhos”

Muito comum entre os estudantes, os salgadinhos também fazem muito sucesso entre pessoas de todas as idades. Razão para que pais e filhos entrem em comum acordo para evitar a ingestão quase que diária do “alimento”.
Considerando um pacote de salgadinho de milho de, aproximadamente, 60g, você estará consumindo pouco mais de 16% de sódio, porcentagem comparada ao total diário do que deve ser consumido. Também deve ser inserido a conta mais 10% equivalente às gorduras saturadas.
Outro detalhe importante é com relação ao tipo de milho usado, já que existem transgênicos que podem causar alergias em algumas pessoas.
Considerando o salgadinho de batata, um pacote com 50 g apresenta cerca de 9% de gorduras saturadas.

A batata frita

Antes de mais nada, trata-se de uma fritura. Segundo diversos cientistas, o problema é que, ao ser frita, a batata passa por uma reação química denominada glicação. E embora as pesquisas sobre o assunto ainda não sejam conclusivas, estima-se que o câncer e algumas doenças cardiovasculares estejam correlacionadas, em parte, ao referido processo. No mais, é preciso dizer a batata frita acumula mais 14% de gorduras saturadas.

O cachorro-quente

Uma salsicha constituída por 50 g apresenta 20% do sódio de uma dieta diária, mesma porcentagem de gorduras saturadas. Isso já representa um enorme perigo à saúde. Porém, para piorar o quadro, a salsicha é rica em nitritos e nitratos, que uma vez no estômago passam por um processo de transformação que culmina na nitrosamina, substância que pode provocar o desenvolvimento do câncer estomacal. Existem muitos outros alimentos nocivos ao organismo, procure evita-los sempre que possível.

Leia mais sobre ALIMENTOS:
{(Veja alguns alimentos polêmicos que podem ser benéficos para a saúde)}
{(Veja como é possível ingerir proteína sem comer carne)}
{(Conheça 6 alimentos que ajudarão a manter o corpo bem hidratado)}
{(Conheça 6 incríveis opções para fazer o lanche noturno)}
{(Veja uma alternativa de dieta para quem não gosta de salada)}

Sobre Galdino

Paixão por saúde e qualidade de vida. Desde 2013 buscando informações sobre a melhor maneira de se viver com mais saúde e melhor qualidade de vida. Mantenho alguns blogs com o objetivo principal de passar adiante as informações e o conhecimento que tenho adquirido ao longo desse tempo. Durante esses anos tenho "corrido" atrás de conteúdos relevantes que, de alguma forma possa me ajudar e ajudar outras pessoas a viver com mais qualidade de vida. Ps. Tenho 47 anos, sou goiano, evangélico, solteiro e tenho um filho de 13 anos, motivo do meu orgulho e alegria. Sou apaixonado séries e filmes de ação. Adoraria aprender tudo sobre fotografia.
Adicionar a favoritos link permanente.

2 Comments

  1. Pingback:Azia: causas, sintomas e tratamentos - Como Viver Melhor

  2. Pingback:Reação alérgica: Quais são as causas, os sintomas e os tratamentos

Deixe seu comentário

  • Publicidade