• Publicidade

Envelhecer com saúde: veja 5 dicas essenciais

A vida é um progresso constante. Alguns deles podemos controlar, outros não. Envelhecer é um dos progressos da vida que não conseguimos escolher. Ao olharmos para os lados vemos pessoas envelhecendo mal, aparentando ter mais idade do que realmente tem e com problemas de saúde que não são típicos de sua faixa etária. No entanto, podemos fazer escolhas que nos favoreça envelhecer com saúde.

Afinal, porque envelhecemos? Helen Bee, uma renomada autora no campo do desenvolvimento humano, nos diz que somos biologicamente programados para envelhecer e nosso declínio inicia já aos 40 anos e se acentua aos 65 anos. No entanto o ambiente em que vivemos e nosso estilo de vida pode ser determinante para o processo de envelhecimento ser acelerado ou não.

Ainda bem que a autora não nos traz apenas más notícias. Segundo ela há maneiras de envelhecer com saúde e ela nos dá cinco dicas valiosas.

1 – Livre-se cedo de maus hábitos

Não espere a velhice para se preocupar com ela. Quanto mais tempo passamos com maus hábitos, pior é para nos livrarmos deles e para envelhecer com saúde.

Substâncias de abuso podem produzir graves efeitos colaterais em nosso organismo. E não estamos falando apenas sobre drogas, mas também sobre álcool, tabaco, cafeína (isso inclui os energéticos também) e açucares (sim, o açúcar também pode ser considerado uma droga).

Além disso uma alimentação balanceada é primordial. O consumo de gorduras em excesso pode causar obesidade. E não se engane, apenas 20% acima de seu peso ideal já pode ser considerado como obesidade. Além disso, a obesidade está diretamente ligada à problemas cardíacos, que ainda é a maior causa de morte no mundo.

E não é apenas a gordura a grande vilã. É assustadora a quantidade de produtos químicos que acompanham os alimentos, principalmente os ultra processados e as carnes. E são produtos que, não raros, podem ser cancerígenos.

Livrar-se desses maus hábitos trará um envelhecimento mais tranquilo, além de efeitos perceptíveis a curto prazo, como maior vigor físico e disposição.

2 – Xô sedentarismo.

O sedentarismo é uma das principais causas de morte súbita e de doenças crônicas como diabetes, hipertensão arterial, asma e até mesmo transtornos psicológicos.

Muitos problemas de saúde podem ser prevenidos por simples rotinas de exercícios físicos, como dores e até mesmo a depressão. Afinal, ao exercitar o corpo estamos criando resistências físicas, contribuindo para a longevidade e nos afastando de atrofias musculares. Além disso o exercício físico incentiva o organismo a fabricar ocitocina, um importante hormônio para a manutenção de nossa saúde e afastar dores crônicas.

Não estamos falando de se tornar um maratonista ou fisiculturista, você precisa de apenas alguns exercícios aeróbicos por pelo menos meia hora, três vezes por semana. Seu corpo agradece.

3 – Exercite sua mente.

Nosso cérebro é um dos órgãos do corpo mais negligenciados, afinal somos bombardeados por informações de como exercitar nosso corpo, mas e o cérebro? Ele também definha na velhice se não nos atentarmos a ele. Afinal, precisamos também cuidar da mente para envelhecer com saúde .

Não pare de estudar. Aprenda coisas novas. Estude um novo idioma. Resolva quebra-cabeças. Memorize músicas e poemas. Aprenda jogos mentalmente desafiadores. Desafie sua mente para fazer coisas novas regularmente.

Atitudes simples como essas farão sua memória e sua cognição ficarem resistentes aos efeitos do envelhecimento.

4 – Cultive amizades, curta a família

Grande parte de nosso equilíbrio físico depende também de nosso equilíbrio mental e a criação de uma rede de amizades é de vital importância para a manutenção de nossa saúde.

A psicologia tem um termo para as pessoas que estão ao nosso redor: Rede de apoio. O nome é bem autoexplicativo. Portanto se não cultivarmos bons relacionamentos desde cedo, eles não estarão lá quando precisarmos.

Saia mais com seus amigos, reúna a família em almoços de domingo e, claro, esteja lá quando eles precisarem também. Nossa rede de apoio é parte fundamental de um envelhecimento saudável.

Portanto, ame mais, se divirta mais, de mais risadas… Quando se tem companhia tudo se torna melhor.

5 – Evite o estresse

Não é novidade, o estresse é um dos grandes males da sociedade moderna. Somos escravos do calendário e do relógio. O estresse vem da ansiedade, e existe um nível de ansiedade boa, que se ultrapassada pode gerar diversos problemas de saúde, incluindo depressão, transtornos mentais e desgaste cognitivo.

Tenha um tempo do dia apenas para você, nem que sejam apenas 10 minutinhos. Esse período é fundamental para encontrar o seu centro de equilíbrio. Ler, cozinhar, orar ou simplesmente sentar-se calmamente e em silêncio. Aqui vale de tudo, desde que você faça algo que saiba que diminuirá seu nível de estresse.

É só isso que preciso para envelhecer com saúde?

Essas cinco dicas são valiosíssimas. Se libertar de maus hábitos, não sermos sedentários, exercitarmos nossa mente, cultivar amizades e diminuir o estresse são pontos críticos, mas não podemos deixar de mencionar que é necessário checar nossa saúde com regularidade. Fazer exames completos a cada dois anos (ou a cada seis meses se tiver alguma doença crônica) é vital para a prevenção de problemas de saúde. Segundo a Organização Mundial de Saúde, 80% das doenças crônicas poderiam ser prevenidas com simples exames regulares. Além disso, lembre-se que aos 40 anos – sendo homem ou mulher – há importantes exames preventivos a se fazer.

Envelhecer não é algo que possamos decidir não fazer, mas envelhecer de forma saudável está dentro de nosso alcance. Com certeza, ao seguir essas cinco pequenas regras o envelhecimento será tranquilo e sem maiores complicações.

E você? O que tem feito para envelhecer com saúde? Já segue essas dicas? Deixe suas experiências nos comentários e compartilhe conosco!

Sobre Galdino

Paixão por saúde e qualidade de vida.

Desde 2013 buscando informações sobre a melhor maneira de se viver com mais saúde e melhor qualidade de vida. Mantenho alguns blogs com o objetivo principal de passar adiante as informações e o conhecimento que tenho adquirido ao longo desse tempo.

Durante esses anos tenho “corrido” atrás de conteúdos relevantes que, de alguma forma possa me ajudar e ajudar outras pessoas a viver com mais qualidade de vida.

Ps.
Tenho 47 anos, sou goiano, evangélico, solteiro e tenho um filho de 13 anos, motivo do meu orgulho e alegria.

Sou apaixonado séries e filmes de ação.
Adoraria aprender tudo sobre fotografia.

Adicionar a favoritos link permanente.

Deixe seu comentário

  • Publicidade