• Publicidade

Saiba o que causa e como evitar o mau cheiro nas axilas

Se tem algo que pode causar embaraço e constrangimento em alguém é o mau cheiro nas axilas. Esse é um problema que diversas pessoas enfrentam em suas vidas diárias. Embora muitos possam pensar que o mau cheiro nas axilas é apenas uma questão de higiene, a realidade é que há outros fatores que podem ser o motivo desse problema.

O que é o mau cheiro nas axilas?

O mau cheiro nas axilas é a forma mais comum de odor corporal, um cheiro desagradável ligado à transpiração que ocorre embaixo dos braços. Quando a transpiração é exposta à atmosfera mudanças químicas acontecem, isso é um sinal certo de que as bactérias na superfície da pele estão processando a transpiração.

Esse processo então resulta em odor, embora inicialmente a transpiração não tenha cheiro. Portanto, diferente do que se pensa, o corpo humano produz suor sem odor, são de fato as alterações químicas causadas pelas bactérias que dão origem ao mau cheiro nas axilas.

Uma pessoa normal tem cerca de 3 a 4 milhões de glândulas sudoríparas para secretar a transpiração. Essas podem ser classificadas em dois tipos:

Glândulas écrinas

As glândulas écrinas secretam sais e água que atingem a pele através de micro dutos quando o sistema nervoso detecta um aumento do calor corporal. As bactérias não costumam “se dar bem” com esse tipo de suor, porque o sal é um alimento não “apreciado” pelas mesmas.

Glândulas apócrinas

As glândulas apócrinas secretam o suor através de folículos pilosos que estão presentes em grande número nas nossas axilas. O suor secretado por essas glândulas contém substâncias orgânicas, também conhecidas como sebo.

O suor derivado dessas glândulas possui proteínas e gorduras que servem de “alimento” para as bactérias. A quebra dessas substâncias orgânicas pelas bactérias resulta nos maus odores, portanto, pode-se dizer que as glândulas apócrinas são as responsáveis pelo mau cheiro nas axilas.

O que causa o mau cheiro nas axilas?

A transpiração é a principal causa do mau cheiro nas axilas, pois como mencionado anteriormente, ela contém substâncias orgânicas que servem de alimento para as bactérias. A higiene de má qualidade certamente maximiza os maus odores.

A Ingestão de alimentos mais fortes e picantes a exemplo do alho e da cebola resultam de maneira negativa e temporária no odor das axilas. O estresse e a ansiedade também são fatores que podem influenciar. Além desses, há outros fatores que podem agravar o problema, dentre os quais:

  • Doenças renais, hepáticas ou diabetes (as pessoas que sofrem com essas doenças podem expelir um odor mais forte do que o normal);
  • Medicamentos (determinados medicamentos podem afetar os odores do corpo devido as suas toxinas);
  • Problemas gastrointestinais;
  • Problemas de pele;
  • Infecções bacterianas ou fúngicas.

Hábitos pessoais como o tabagismo, o consumo excessivo de álcool e de cafeína também podem resultar no mau cheiro nas axilas.

O que fazer para evitar o odor nas axilas

As pessoas que sofrem desse problema continuam se perguntando o que fazer para evitar ou minimizar o mau cheiro nas axilas. Se você é uma dessas pessoas, veja algumas dicas a seguir:

  • Lave as axilas regularmente (todos os dias) com água corrente e sabonete para evitar a proliferação das bactérias;
  • Tome banho todos os dias;
  • Aparar os pelos das axilas diminui a evaporação do suor e consequentemente os odores;
  • Os desodorantes ajudam a eliminar o mau cheiro nas axilas, tornando a pele mais ácida, reduzindo a atividade bacteriana.
  • Os antitranspirantes atuam no bloqueio das glândulas sudoríparas, resultando em menos transpiração.
  • Usar roupas que permitam que a pele respire com a evaporação do suor;
  • Evitar comidas que tenham muito alho e cebola, assim como as apimentadas.

Remédios caseiros para o mau cheiro nas axilas

  • O pó de bicarbonato de sódio cria uma superfície alcalina que resulta na redução temporárias dos odores nas axilas;
  • Poeira de amido de milho ajuda a manter as axilas secas;
  • O óleo da árvore do chá (mesmo algumas gotas misturas na água) tem propriedades antibacterianas, amenizando o mau cheiro nas axilas;
  • Chá de ervas também poder reduzir os odores;
  • Os sucos de rabanete ou nabo são úteis quando aplicados diretamente nas axilas.

A maioria dos casos de mau cheiro nas axilas estão relacionados de certa forma com a higiene. Portanto, cultivar bons hábitos funciona quase sempre na luta contra os maus odores.

O artigo foi útil para você? Comente, curta ou compartilhe.

Leia também:
Mau hálito: Causas e tratamentos para você não ficar com bafo de onça
Dermatite seborreica: causas e tratamento da caspa
Como tirar mau odor das axilas

Sobre Galdino

Paixão por saúde e qualidade de vida. Desde 2013 buscando informações sobre a melhor maneira de se viver com mais saúde e melhor qualidade de vida. Mantenho alguns blogs com o objetivo principal de passar adiante as informações e o conhecimento que tenho adquirido ao longo desse tempo. Durante esses anos tenho "corrido" atrás de conteúdos relevantes que, de alguma forma possa me ajudar e ajudar outras pessoas a viver com mais qualidade de vida. Ps. Tenho 47 anos, sou goiano, evangélico, solteiro e tenho um filho de 13 anos, motivo do meu orgulho e alegria. Sou apaixonado séries e filmes de ação. Adoraria aprender tudo sobre fotografia.
Adicionar a favoritos link permanente.

Deixe seu comentário

  • Publicidade