• Publicidade

Mau hálito: Causas e tratamentos para você não ficar com bafo de onça

A grande parcela das pessoas que estão com mau hálito ou possuem a halitose crônica não percebem que possuem. Nestes casos, normalmente quem avisa sobre este problema são terceiros: parentes, amigos, companheiros afetivos e até colegas de trabalho.

Só quem passa por essa situação incômoda entende o que realmente é sofrer com a halitose. Agora, para resolver o mau hálito de uma vez por todas, existem algumas recomendações pertinentes.

É através destas recomendações que foi organizado este artigo, com o intuito de sanar dúvidas através do entendimento total sobre o mau hálito, então foi divididos em 2 tópicos:

Causas da Halitose e Tratamento do Mau Hálito.

Causas da Halitose

Na maioria dos casos, a halitose está relacionada a fatores contidos em nossa boca. Claro que existem outros fatores, mas a boca, tendo como seu principal deles: a língua… São os principais responsáveis pelas mais diversas modalidades de mau hálito.

O motivo de tudo isso está na liberação de enxofre da sobra de alimentos que ficam em nossa boca. A língua é a peça chave das causas da Halitose, muito pelo fato de possuir papilas gustativas que seguram o alimento e este entra em decomposição e fermentação.

Quando alguém reclama que o hálito de pessoas assemelharem-se ao cheiro de carne podre, não é atoa, pois isto é fruto dessa decomposição, que gera esta liberação de enxofre.

Nossa saliva é a responsável natural por limpar nossa boca e nossas papilas gustativas, assim prevenindo que este cheiro apresente-se de forma rápida. Quando nos hidratamos pouco ou estamos dormindo, nosso corpo libera menos saliva e acaba por acelerar esse processo de fermentação dos alimentos.

A importância da saúde da boca. Doenças bucais como Gengivite, Tártaro e Cáries também são responsáveis pela fermentação e decomposição de material orgânico dentro de nossa região bucal, sendo estes, responsáveis menos expressivos, mas também existentes.

Existem outras doenças que podem causar o mau hálito, como doenças no sangue (diabetes e hemofilia) e doenças nos pulmões, principalmente quando tem relação com alguns tipos de fungo. Dificuldade no funcionamento do intestino, em raros casos também é responsável pela halitose, mas essa, não vem da liberação enxofre.

Tratamento do Mau Hálito

Aqui estão 5 apontamentos principais de como tratar e prevenir a halitose. É importante ressaltar que, caso estes procedimentos de limpeza bucal não resolvam seu caso em uma semana de disciplina contínua, é necessário procurar um médico.

Lembrando que estes procedimentos devem solucionar em torno de 90%:

  1. Beber água é parte fundamental do tratamento da halitose, uma vez que quanto melhor hidratados estamos, melhor será nossa salivação. Com esta salivação, por si só, haverá uma redução no acúmulo de alimentos em sua região bucal.
  2. Sobre a alimentação, é interessante que não façamos só a ingestão de carnes, açucares, gorduras e legumes cozidos. Frutas frescas e verduras in natura auxiliam na raspagem de sua língua e na higienização de sua boca, além de evitar a prisão de ventre.
  3. De noite, caso realize a escovação bucal e, logo após, coma algum alimento, utilize ao menos um antisséptico bucal antes de deitar.
  4. Fio dental é importante, principalmente para os dentes da parte de trás da boca, onde a escovação não alcança. Lembre-se de passar na parte de trás, também, do último dente.
  5. Opte por comprar escovas de dente de cerda macia e que possuam limpador de língua, assim não prejudicando a gengiva, não desgasta o esmalte dos dentes e ainda deixa a boca bem limpa.

Conclusão

Existem mitos que existem o tema “Mau hálito”, cabe termos o cuidado de explorar este assunto de forma precisa, identificando as causa e cuidando de nossa higiene bucal de forma constante.

Não ter vergonha de ir a um especialista e procurar ajuda é o primeiro passo para resolver definitivamente este problema.

Gostou do artigo? Existe alguma dúvida sobre o mau hálito? Poste abaixo que teremos o prazer em auxiliá-lo.

Sobre Galdino

Paixão por saúde e qualidade de vida.

Desde 2013 buscando informações sobre a melhor maneira de se viver com mais saúde e melhor qualidade de vida. Mantenho alguns blogs com o objetivo principal de passar adiante as informações e o conhecimento que tenho adquirido ao longo desse tempo.

Durante esses anos tenho “corrido” atrás de conteúdos relevantes que, de alguma forma possa me ajudar e ajudar outras pessoas a viver com mais qualidade de vida.

Ps.
Tenho 47 anos, sou goiano, evangélico, solteiro e tenho um filho de 13 anos, motivo do meu orgulho e alegria.

Sou apaixonado séries e filmes de ação.
Adoraria aprender tudo sobre fotografia.

Adicionar a favoritos link permanente.

Um Comentário

  1. Pingback:Chá de hortelã: veja os benefícios que ele traz para a saúde

Deixe seu comentário

  • Publicidade