• Publicidade

Veja a relação existente entre qualidade de vida e saúde da mulher

Alguns cuidados básicos podem fazer toda a diferença quando se trata da qualidade de vida. No artigo de hoje, falaremos sobre a relação existente entre qualidade de vida e saúde da mulher.

As mulheres são criaturas que precisam estar constantemente cuidando da saúde. São vários exames específicos que precisam ser realizados periodicamente para garantir a saúde da mulher. Além disso, alguns cuidados básicos precisam ser tomados.

Hoje em dia, é muito comum que a mulher assuma diferentes tarefas. Ela é ao mesmo tempo mãe, dona de casa, e profissional. Conciliar tudo isso em uma rotina que só dispõe de 24 horas não é uma tarefa fácil.

As mulheres “superpoderosas” da contemporaneidade conseguem fazer coisas realmente incríveis. O horário do almoço se desdobra e elas conseguem preparar a refeição da família, levar as crianças para a escola, pagar contas e voltar para o trabalho.

Tudo isso sem perder o charme e a elegância! O problema é que ao tentar fazer tantas coisas de uma única vez, muitas dessas mulheres acabam deixando de cuidar da própria saúde.

Como dissemos, existem alguns exames voltados para as mulheres que devem ser feitos anualmente, como o Papa Nicolau e a Mamografia, para as mulheres acima dos 40 anos.

O Papa Nicolau deve começar a ser feito assim que a mulher tiver a sua primeira relação sexual. É muito importante que o exame seja feito anualmente, pois ele é responsável por prevenir o câncer de colo de útero.

Além dos exames, alguns cuidados diários também podem influenciar na qualidade de vida e saúde da mulher. Falaremos um pouco mais sobre esse assunto a seguir.

Dicas para cuidar da qualidade de vida e saúde da mulher

Atualmente, é muito comum que a maioria das pessoas, homens e mulheres, passe mais tempo no trabalho do que em casa. Muitas dessas pessoas não voltam em casa no horário do almoço, retornando apenas no final do expediente.

As mulheres que seguem uma rotina parecida com essa devem tomar cuidado com as roupas que usam. Usar calças jeans muito justas o dia todo, pode causar problemas para a saúde da mulher.

Se o seu local de trabalho não exige um uniforme específico, procure optar por roupas mais confortáveis e de tecidos leves. O sutiã também é um grande vilão para a saúde da mulher, e pode interferir diretamente na sua qualidade de vida.

Ao manter os seios muito apertados dentro do sutiã durante todo o dia, você aumenta as chances do aparecimento de nódulos e outros problemas da região mamária. O ideal é usar sutiãs sem bojo e tirá-los assim que chegar em casa.

Dormir sem sutiã e sem calcinha também é uma boa forma de contribuir com a qualidade de vida e saúde da mulher. Deixar a região da virilha “respirar” enquanto dorme é fundamental para evitar problemas relacionados à fungos e bactérias.

A utilização de sabonetes íntimos é outro problema. Alguns médicos costumam condenar essa prática, e outros recomendam produtos de marcas específicas. Um consenso entre os especialistas, é que a melhor forma de cuidar da região íntima, é usando somente água.

Quando estiver menstruada, a mulher deverá trocar os absorventes com uma frequência de no máximo 3 horas. Esse procedimento ajuda a evitar complicações na região genital e evita odores desagradáveis.

Cuidados simples como esses fazem toda a diferença, e garantem que a mulher conserve a sua saúde. Prezar pela qualidade de vida é uma obrigação de todos nós, afinal, sem saúde, não somos ninguém! Coloque nossas dicas em prática, e aprenda a cuidar de si mesma!

Adicionar a favoritos link permanente.

Deixe seu comentário

  • Publicidade