• Publicidade

Quais são as causas, os sintomas e os tratamentos para uma reação alérgica?

O sistema imunológico é o responsável por defender o corpo contra os vírus, bactérias e uma série de outros agentes nocivos à saúde. Em alguns casos, seu sistema imunológico terá que lhe defender de substâncias que normalmente não apresentam riscos ao corpo humano. Essas substâncias são conhecidas como alérgenos, e quando seu organismo reage a elas, uma reação alérgica ocorrerá.

Os médicos podem usar os alérgenos para descobrir se você irá desenvolver algum tipo de alergia, sendo que os mesmos podem ser injetados em seu corpo como uma forma de tratamento.

O que causa uma reação alérgica?

Os médicos não sabem exatamente porque algumas pessoas são alérgicas a determinadas substâncias. Há evidencias que as alergias podem ser herdadas, portanto, se você têm um membro da família que sofre com algum tipo de alergia, você apresenta maior risco de desenvolver esse tipo de condição.

Embora as razões e os motivos das alergias são ainda desconhecidos, há substâncias que são comumente associadas as reações alérgicas, dentre as quais:

  • Pelos de animais;
  • Picadas de abelha ou de outros insetos;
  • Determinados alimentos (amendoim, frutos do mar, derivados do leite, etc);
  • Determinados medicamentos (penicilina, aspirina, etc);
  • Determinadas plantas (Coroa-de-cristo, bico-de-papagaio, etc);
  • Pólen das flores.

Vale frisar que uma reação alérgica pode ocorrer se você inalar, comer ou até mesmo tocar em alguma substância no qual você é alérgico.

Sintomas de uma reação alérgica

Os sintomas de uma reação alérgica podem variar de leve à grave. Se você ficar exposto a um alérgeno pela primeira vez, os sintomas normalmente serão leves. Os mesmos podem piorar se você entrar em contato repetidamente com o agente que causa a alergia.

Os sintomas de uma reação alérgica leve podem incluir:

  • Coceira;
  • Erupções na pele;
  • Manchas vermelhas na pele;
  • Garganta “arranhada”;
  • Olhos lacrimejados;
  • Congestão nasal (rinite).

Os sintomas de uma reação alérgica grave incluem:

  • Dor ou aperto no peito;
  • Dificuldade para engolir;
  • Dores abdominais;
  • Tonturas;
  • Diarreia;
  • Náuseas;
  • Vômitos;
  • Palpitações cardíacas;
  • Inchaço da face, olhos e/ou língua;
  • Fraqueza;
  • Dificuldade em respirar;
  • Perda da consciência.

Uma reação alérgica grave e súbita pode se desenvolver em segundos após a exposição a um alérgeno. Esse tipo de reação é conhecida como anafilaxia, podendo resultar em risco de vida. Os sintomas normalmente incluem o inchaço das vias aéreas, incapacidade de respirar e uma queda brusca da pressão arterial.

Se você perceber esses sintomas, procure ajuda médica imediatamente. Sem tratamento, uma reação alérgica desse tipo pode provocar a morte em menos de 15 minutos.

Diagnóstico de uma reação alérgica

O médico irá realizar um exame e lhe fazer perguntas sobre seu histórico de saúde, inclusive se você sabe ou não se é alérgico a algo. Se as reações apresentadas são graves, você será orientado a anotar as substâncias que você tem contato assim como os sintomas que se desenvolvem. Seu médico pode lhe submeter a testes para determinar a causa da sua alergia. Os tipos mais comuns desses testes são:

  • Testes de pele;
  • Testes de eliminação (até descobrir o que causa a reação alérgica);
  • Exames de sangue.

O teste de pele envolve a aplicação de uma pequena quantidade de um alérgeno suspeito, observando desse modo uma possível reação. Os testes de pele são indicados para:

  • Alergia ao pólen;
  • Alergia ao mofo;
  • Alergia alimentar;
  • Alergia à penicilina;
  • Alergia a determinados venenos (picadas de abelhas ou outros insetos).

Os testes de eliminação são mais úteis no diagnóstico das alergias alimentares. O procedimento é bem simples, basta você eliminar um alimento específico da sua dieta por uma semana e perceber se os sintomas aparecem. Caso não, na semana seguinte faça uma “prova real” com esse alimento e observe se os sintomas se apresentarão. Peça orientação médica em relação as quantidades.

Um exame de sangue irá verificar se o seu sangue possui os anticorpos para o combate de um determinado alérgeno. Exames de sangue são realizados quando o teste de pele não traz resultados.

Como tratar uma reação alérgica?

Se você mostrar indícios de uma reação alérgica e não souber o que a está causado, será necessário procurar ajuda médica para determinar qual é a causa. Caso você tem uma alergia conhecida e já conhece os sintomas, não será necessário procurar atendimento médico. Na maioria das vezes, medicamentos (antialérgicos) irão ser eficazes no controle das reações alérgicas leves.

Agora, caso você ou alguém apresente uma reação alérgica grave, procure ajuda médica urgentemente. Verifique se a pessoa está respirando e se necessário ligue para um atendimento de saúde móvel.

As pessoas que já conhecem suas alergias geralmente carregam medicamentos de emergência em seus passeios ou viagens. A epinefrina é uma “droga de resgate”, porque dilata as vias aéreas e aumenta a pressão arterial.

Como prevenir uma reação alérgica?

Uma vez identificado a causa das alergias você deve:

  • Evitar a exposição ao alérgeno;
  • Carregar medicamentos para tratar os sintomas graves;
  • Procurar ajuda médica se for exposto a um alérgeno.

Às vezes pode não ser possível evitar por completo uma reação alérgica, mas seguir as dicas acima irá diminuir drasticamente as chances.

O que você achou do artigo? Comente, curta ou compartilhe.

Leia também:
Veja as causas, sintomas e tratamento da intolerância à lactose
Os 5 alimentos mais nocivos ao organismo
Veja O QUE SÃO e como TRATAR AS ALERGIAS

Sobre Galdino

Paixão por saúde e qualidade de vida.

Desde 2013 buscando informações sobre a melhor maneira de se viver com mais saúde e melhor qualidade de vida. Mantenho alguns blogs com o objetivo principal de passar adiante as informações e o conhecimento que tenho adquirido ao longo desse tempo.

Durante esses anos tenho “corrido” atrás de conteúdos relevantes que, de alguma forma possa me ajudar e ajudar outras pessoas a viver com mais qualidade de vida.

Ps.
Tenho 47 anos, sou goiano, evangélico, solteiro e tenho um filho de 13 anos, motivo do meu orgulho e alegria.

Sou apaixonado séries e filmes de ação.
Adoraria aprender tudo sobre fotografia.

Adicionar a favoritos link permanente.

Deixe seu comentário

  • Publicidade