• Publicidade

Cirurgia plástica nas pálpebras

A cirurgia plástica nas pálpebras, também conhecida como blefaroplastia, tem sido bastante realizada no Brasil nos últimos anos. Dados do Censo promovido pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP), indicam de 2014 a 2016, foram realizados mais de 13 mil procedimentos nas pálpebras.

A cirurgia plástica nas pálpebras tem como objetivo remover as bolsas de gordura palpebrais e o excesso de pele das pálpebras, podendo ser as superiores e/ou as inferiores. Com tal método, consegue-se suavizar a expressão, proporcionar o rejuvenescimento ao olhar e dar um ar mais descansado ao paciente.

Quem pode fazer a cirurgia plástica nas pálpebras?

Homens e mulheres de qualquer idade podem fazer a cirurgia plástica nas pálpebras, desde que não tenham questões de saúde que possam comprometer o procedimento. Por isso, antes de entrar no centro cirúrgico, é importante que o paciente procure um médico de confiança e faça todos os exames pré-operatórios.

Como é realizada a cirurgia plástica nas pálpebras?

A cirurgia plástica nas pálpebras deve ser feita por um cirurgião plástico, que seja estudioso de técnicas de blefaroplastia, ou por um oftalmologista especialista em plástica ocular. O cirurgião faz os cortes nos sulcos da pálpebra superior e na linha abaixo dos cílios inferiores com pequenas extensões laterais. Com isso as cicatrizes ficam escondidas.

A partir dos cortes, a pele e os músculos excedentes são removidas e as bolsas de gorduras tratadas. Depois disso é feita a sutura.

Utiliza-se qual tipo de anestesia?

Para a cirurgia plástica nas pálpebras é utilizada anestesia local com sedação, para que o paciente fique mais confortável durante o procedimento.

Quanto tempo demora o procedimento cirúrgico?

Em média, a cirurgia plástica das pálpebras dura uma hora e meia. O procedimento deve ser realizado em ambiente hospitalar credenciado para esse tipo de procedimento.

Resultados e cuidados pós-cirurgia

Somente após três meses é possível ver os resultados da cirurgia plástica das pálpebras. Passados quinze dias do procedimento, o inchaço já diminui bastante, sendo necessária a adoção de alguns cuidados após a cirurgia.

  • Repousar, por no mínimo, uma semana;
  • Usar compressas frias na região para ajudar a diminuir o inchaço nas primeiras quarenta e oito horas;
  • Higienizar a área com muito cuidado;
  • Usar óculos escuros ao sair no sol até que o médico libere;
  • Usar protetor solar no rosto para que a cicatriz não escureça;
  • Não fumar, por no mínimo, dois meses após a cirurgia;
  • Usar lentes de contato só depois de dez dias;
  • Não utilizar maquiagem até a liberação do médico;
  • Ir à consulta de retorno pós-cirurgia.

Quanto custa uma cirurgia plástica de pálpebras?

O valor de uma cirurgia plástica de pálpebras gira em torno de R$3.000,00, mas esse valor pode variar de acordo com local onde é realizado, se é feito nos dois olhos, e na parte superior e inferior. Vale ressaltar que valores só podem ser informados em consultório e após consulta com o médico cirurgião plástico.

Outros procedimentos podem ser realizados conjuntamente à cirurgia plástica de pálpebras?

A rinoplastia, que é a cirurgia de correção do nariz, assim como o lifting facial e a aplicação de Botox podem ser realizadas conjuntamente a cirurgia plástica de pálpebras.

Importante ressaltar que o médico é quem vai orientar e dizer quais outros procedimentos podem ser realizados, sendo que é preciso que tudo seja bem conversado durante as consultas.

Como saber qual o melhor momento para realizar essa cirurgia?

Sendo para fins estéticos, o paciente primeiramente deve observar se o excesso de pele lhe traz incômodos.

Identificada as causas do incômodo, é importante buscar o médico, seja ele dermatologista ou cirurgião plástico, que indicará se já é ou não o momento de realizar a cirurgia plástica de pálpebras e quais os resultados que a mesma trará para o paciente.

Adicionar a favoritos link permanente.

Deixe seu comentário

  • Publicidade